Ex-prefeita de Terra Nova tem contas de rejeitadas e recurso negado, podendo ficar inelegível

As contas de 2019, sob responsabilidade de Neide de Paizinho, foram rejeitadas devido a irregularidades apontadas durante a gestão.
A ex-prefeita de Terra Nova, Marineide Pereira Soares, conhecida como Neide de Paizinho, teve o recurso referente às contas do exercício financeiro de 2019 rejeitado. A decisão foi proferida pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) no último dia 19 de dezembro.
As contas de 2019 da prefeitura de Terra Nova, sob responsabilidade da gestão de Neide, foram julgadas em 2021, tendo sido rejeitadas devido a irregularidades apontadas durante o governo. Entre as principais questões destacadas estão: despesas com pessoal acima do limite e ausência de recolhimento de multas.

Recurso negado e consequências políticas
Marineide, após a publicação da decisão original, ingressou com um Recurso Ordinário na tentativa de reverter a rejeição das contas e a imposição das multas. No entanto, o recurso foi analisado e negado, mantendo as conclusões anteriores.

O cenário político para a ex-prefeita torna-se mais delicado, uma vez que a rejeição das contas de 2019, somada à rejeição de 2018, coloca-a em uma situação que pode resultar em inelegibilidade. Caso a decisão seja mantida e confirmada para os dois anos, ela poderá ficar oficialmente inelegível, conforme as disposições da Lei da Ficha Limpa.

O julgamento das contas de 2020 ainda está pendente, o que adiciona uma camada de incerteza ao futuro político da ex-gestora.

Mande fotos e vídeos com os acontecimentos de seu bairro ou sua cidade para o nosso WhatsApp (75) 9 8881-2277 Nos insira nos seus grupos

Fonte: Fala Genefax